A equipe do rytmy.media teve a sorte de aprender a cuidar da saúde, o que é equilíbrio e qual é o principal medicamento da medicina tibetana em uma conversa com Sherab Barma Tenzin, médico em medicina tibetana (Nepal).

085
Sherab Barma Tenzin

Doutor em Medicina Tibetana, fundador e médico-chefe de três clínicas de medicina tradicional tibetana Pure Vision Sorig Healing & Research Center no Nepal (Kathmandu, Parping e Reino do Butão), participante de projetos internacionais para a proteção de espécies raras de ervas medicinais, assessorou o World Wildlife Fund (WWF). Membro da National Geographic Herbal Research Expedition, membro da série de documentários National Geographic Science of Mind sobre a medicina tradicional tibetana. Oferece consultas e aceita pacientes em todo o mundo, incluindo na Ucrânia.

Como monitorar adequadamente sua saúde

É simples, se você comer boa comida - você será saudável. Se a comida for escolhida incorretamente - haverá problemas. Existem diferentes dietas que afetam certos problemas. A coisa mais importante é dieta e estilo de vida.

Semelhanças e diferenças entre a medicina tibetana e outras tradições da medicina oriental

A medicina tibetana, a medicina chinesa e o Ayurveda baseiam-se no tratado de Zhud-shi, nos quatro tantras médicos. No processo de desenvolvimento, eles se tornaram ramos diferentes da mesma árvore - com uma única base, mas com práticas diferentes.

Como ouvir o corpo e encontrar o equilíbrio

Para entender que você está se movendo na direção certa - é importante manter um equilíbrio. É possível. Por exemplo, se você oferece muita comida, até comida saudável, ainda vale a pena equilibrar. Vale lembrar que os alimentos devem ser digeridos no estômago. É fácil pensar em quanto posso digerir.

Se você souber seguir o caminho do meio, nunca tropeçará ou cairá para a direita ou esquerda. Portanto, a resposta correta para a pergunta "como ser saudável" é manter o equilíbrio.

E para encontrar equilíbrio - você precisa de autodisciplina. Porque na vida cotidiana ninguém nos diz quando e o que fazer.

Amanhã tenho um dia de folga e posso dormir o dia todo. Mas não ajuda, e se eu fizesse isso significaria que não tenho autodisciplina. Então, você tem um dia de folga, pode dormir por uma ou duas horas a mais, mas depois se levanta e faz os exercícios, e todo o resto. Autodisciplina é importante!

A influência do estado psicológico e do pensamento na saúde

O estado psicológico de uma pessoa é amplamente determinado pelo meio ambiente, pela sociedade. Muitas pessoas não sabem como viver, o que pensar. A maneira de pensar afeta significativamente a vida cotidiana. No futuro, essas tendências apenas se intensificarão. As pessoas não sabem mais como viver sem tecnologia: quando precisam se levantar, quando precisam ir para a cama. Precisamos trabalhar para que as pessoas conheçam melhor suas vidas. Para fazer isso, você pode estar mais interessado em coisas como meditação, ioga, psicologia.

Qual o papel da alimentação e nutrição na medicina tibetana

A seleção adequada da dieta é importante e depende das condições do nosso estômago e sistema digestivo.

Os quatro tantras da medicina tibetana distinguem quatro métodos de cura e não começam com os remédios de ervas tibetanos.

  • O primeiro método é alimentar, dieta adequada. Em nosso sistema tradicional, quando um paciente procura ajuda, não é permitido prescrever medicamentos imediatamente. O trabalho começa com a dieta certa.
  • O segundo método é a correção do estilo de vida, comportamento, regime correto.
  • Se a dieta e a mudança no estilo de vida não derem o efeito necessário, indicamos o terceiro método - as taxas de ervas tibetanas.
  • O quarto método são os procedimentos da medicina tradicional tibetana, como acupuntura, massagem Ku Nie, aquecimento com charuto de absinto (terapia com moxa), Hor Me e outros.

É por isso que a nutrição é um elemento chave para a saúde. Em geral, as fitocoleções tibetanas são como alimentos, são aditivos alimentares. Às vezes são chamados de medicamentos, mas na realidade estão mais próximos da comida.

Princípios da medicina tibetana

É fácil explicar os princípios da medicina tibetana até para uma criança. As preparações de ervas tibetanas são comestíveis - são como comida. As crianças gostam de comer, não podemos viver sem comida.

Isso pode ser explicado com base em exemplos. Se estamos falando de problemas no estômago, imagine um copo: meio ocupado com comida, outra parte - água, o resto - espaço vazio. Não precisa estar entupido de comida. Se você quiser jogar, deve haver um espaço vazio, até um playground, para que você possa se mover.

Sobre vegetarianismo

Vegetarianismo - Esta é uma das melhores dietas que uma pessoa pode seguir. Isso é útil de várias maneiras, e se as pessoas são guiadas pelo desejo de não prejudicar os seres vivos - melhor ainda.

Para compensar a dieta dos vegetarianos, é bom tomar vitaminas e esquisito , seu grande número - com base no óleo de ghee, com sementes de zimbro e assim por diante.

Muitas plantas e produtos vegetais são úteis. Por exemplo, estudos recentes mostraram que a urtiga do Himalaia é uma fonte de muitas vitaminas, especialmente a vitamina D. Temos produtos de urtiga comuns - manteiga, extratos, farinha, usados ​​para fazer sopas e panquecas. A vitamina D na urtiga é boa para a pele, para o sistema linfático. E é tudo comida. Ele não precisa ser colhido recentemente, o principal é colher no momento certo - na primavera, antes da floração.

Por falar em mim, sou vegetariana há 25 anos, tenho dois filhos e eles não sabem como é o sabor da carne. Minha filha tem 14 anos, meu filho tem 11 anos e sua saúde é excelente, eles nunca foram ao hospital.

Os tantras dizem que, se você não ingerir alimentos protéicos, pode levar a um desequilíbrio do vento. Mas como isso pode ser equilibrado? Por exemplo, coma canela, cardamomo, cravo - tudo isso acalmará seu vento instantaneamente. E se você não é vegano, é útil beber leite com mel para equilibrar o vento. Então, por que você precisa de carne para isso?

Nas fazendas, os animais recebem hormônios, vacinas, alimentos químicos. Ao consumir essa carne nos alimentos, você consome produtos químicos. Portanto, se você comer carne, é bom ter carne pura e orgânica.

Os sistemas de saúde orientais são adequados para pessoas de outros países?

Não se pode dizer que a medicina tibetana ou o Ayurveda sejam estranhos a outros povos. Cada país tem sua própria medicina popular tradicional; em muitos países esse conhecimento já está perdido, em alguns à beira da extinção. Em nosso tempo, o progresso industrial não afetou tanto a região do Himalaia que tornou possível preservar as tradições da medicina tibetana, que utiliza plantas medicinais locais.

Mas as plantas medicinais são difundidas, elas não precisam ser da região do Himalaia. Nos tempos antigos, diferentes plantas cresciam em diferentes países, mas eram chamadas localmente. Se você pode estudá-los e usá-los, verá que o efeito deles é o mesmo em todo lugar.

Muitas plantas crescem na região dos Cárpatos, que também são comuns no Himalaia. Deram-me um pouco de absinto, zimbro e rododendro a partir daí - o cheiro e o sabor são exatamente iguais. A Ucrânia tem um grande potencial para cultivar e coletar plantas medicinais.

Isso confirma que as ervas medicinais usadas pela medicina tibetana e pelo Ayurveda existem em toda parte e não se pode dizer que a medicina e as tradições de outros povos não sejam adequadas, por exemplo, aos ucranianos. Só é importante saber a que horas coletar essas ervas e onde encontrar lugares ecológicos.

A medicina ocidental e oriental pode coexistir

Eu entendo a medicina, oriental e ocidental, porque ambas ajudam os pacientes. A medicina ocidental desenvolveu-se rapidamente, suas realizações no campo do diagnóstico, tecnologia médica, equipamentos são muito importantes e úteis. Enormes recursos estão sendo constantemente investidos no desenvolvimento da medicina ocidental. E o oriental está em segundo plano, porque não está se desenvolvendo tecnicamente.

Seria mais benéfico para o homem moderno usar em conjunto a medicina folclórica ocidental e tradicional moderna, como o tibetano.

A eficácia da medicina oriental foi comprovada, talvez nem todos saibam disso.

Também darei um exemplo simples: o uso de gengibre é generalizado em nossa medicina oriental. Os médicos ocidentais comem gengibre, não comem? Talvez eles comam romã, pepino. E tudo isso é remédio. Todo mundo sabe que o gengibre tem um sabor acentuado e é bom para a circulação sanguínea. Essas qualidades são óbvias, não podem ser negadas. Ou seja, os médicos ocidentais comem o que é considerado um medicamento pelos médicos orientais.

O principal problema do diálogo entre a medicina ocidental e oriental está mais relacionado à política e aos negócios. Mas a nossa principal tarefa é ajudar as pessoas, e acreditar ou não é escolha da pessoa. E quando eles trabalham juntos, você pode obter melhores resultados e maior efeito.

Como é o dia normal do Dr. Sherab Barma e como ele mantém sua saúde diariamente

Na minha vida diária, tento manter um equilíbrio, seguindo as prescrições da medicina tibetana.

De manhã, o aumento é sempre exatamente às seis, mesmo que no dia anterior eu fosse dormir às 6-2 da noite. Depois de acordar por 3 minutos, faço exercícios respiratórios simples. Depois bebo um copo de água morna e tomo café da manhã. Às vezes eu vou dormir muito tarde. Normalmente, tenho muito o que fazer, muitas pessoas precisam de ajuda.

Beber água morna pela manhã com o estômago vazio é um dos preceitos da medicina tibetana. Normalmente não tomo muitas fitocolecções, procuro apenas manter o corpo em equilíbrio. Como sou vegetariano, às vezes tomo pílulas de ervas daninhas - são "vitaminas" tibetanas que rejuvenescem o corpo e fortalecem a saúde.

Sou uma pessoa viva e às vezes me canso, me sinto exausta e, nesses casos, faço exercícios respiratórios, pranayama. É assim que eu restauro minha energia.

Como budista praticante, dedico duas horas por dia (manhã e noite) à meditação. Se eu tiver um dia de folga, posso dedicar tudo à prática, e às vezes faço retiros mais longos.

Mas o principal é a maneira de pensar. Quando você tem uma atitude positiva, enfrenta alegremente todas as circunstâncias, fica menos cansado e sempre estará cheio de energia, satisfeito e feliz.

Uma receita para um calmante rápido do Dr. Sherab Barma

É útil fazer a seguinte mistura - canela, cardamomo e cravo, moer e adicionar esse pó aos alimentos, saladas, chá - e você sentirá como sua mente se acalma instantaneamente.

Texto: Rhythms Media.ink
Tradução: Andrey Glushko
Colagens: Victoria Mayorova

Materiais populares

Você se meteu versão beta website rytmy.media. Isso significa que o site está em desenvolvimento e teste. Isso nos ajudará a identificar o número máximo de erros e inconvenientes no site e a torná-lo conveniente, eficaz e bonito para você no futuro. Se algo não funcionar para você ou você quiser melhorar algo na funcionalidade do site - entre em contato conosco da maneira que for mais conveniente para você.
BETA